A Feira da Praça, que existe desde 1987, é hoje um ponto de referência intelectual, cultural e já faz parte da calendário turístico e de lazer de São Paulo.

O evento, que se realiza todos os sábados, das 9 às 19 horas, no bairro de Pinheiros, conta com a participação de 320 expositores, com artesanato variado, obras de arte e antiguidades, além da praça de alimentação.

Projeto autor na praça


Um projeto que acontece 2 vezes ao mês e tem despertado muita atenção. No espaço de apresentações Plínio Marcos, autores fazem lançamentos de seus livros enquanto batem um papo descontraído com os frequentadores.

Existente a mais de cinco anos, e teve sua origem na Feira de Artes da Praça Benedito Calixto, Pinheiros – SP. Realizado através de uma parceria entre Edson Lima & AAPBC – Associação dos Amigos da Praça Benedito Calixto. ...

A idéia surgiu a partir de uma visita de Mário Lago a praça em novembro de 1998, em que foi acompanhado até a casa em que viveu em 1949, onde funciona hoje o Restaurante Consulado Mineiro. O projeto foi concretizado em 1º de maio de 1999, numa iniciativa coletiva: o produtor cultural Edson Lima, o poeta e jornalista Fred Maia, o designer gráfico Marcelo Max, o jornalista Mouzar Benedito e, naturalmente, Plínio Marcos, além de outros colaboradores. Para seu início e continuidade tem sido fundamentais o apoio e a parceria com a AAPBC. Na abertura, contamos com a presença do dramaturgo e escritor Plínio Marcos, autografando uma nova edição de Querô – Uma reportagem maldita. Plínio se tornou o padrinho do projeto, motivo pelo qual, o local onde acontece o evento na Feira de Artes da Praça Benedito Calixto, recebeu o nome de Espaço Plínio Marcos.

O AUTOR NA PRAÇA surgiu como uma iniciativa da difusão da literatura integrada a outras formas de manifestações artísticas, através do encontro entre escritores, artistas, autores de forma geral com o público, em espaços populares: as praças, parques, etc. Além das atividades recreativas e de entretenimento, existe o compromisso no aspecto cultural, social e pedagógico, como espaço para encontros, atividades literárias, apresentações musicais e outras manifestações que promovam a inclusão e exercício da cidadania.

Musicalidade e alimentação


Chorinho na Praça

Todos os sábados, das 14:30 às 18:30, você tem oportunidade de ouvir o tradicional chorinho da praça Benedito Calixto, comandado por Canário e seu Regional.

A musicalidade da Feira não se limita ao chorinho, acolhendo espetáculos de música de diversos gêneros. Um desses espetáculos que acontece com bastante freqüência é a apresentação de corais às 18 horas, encerrando as atividades da Feira.

A Praça de Alimentação

Com suas comidas típicas, é um ponto de encontro todas as tardes de sábado onde os freqüentadores da Feira se reúnem para comer os petiscos, tomar uma cerveja ao som do chorinho.

Local

O site www.pracabeneditocalixto.com.br pertence ao portal Sampa Online, e não tem qualquer vínculo com a Associação de Amigos da Praça Benedito Calixto, que organiza a feira.